quinta-feira, abril 27, 2017

Z80 na Protoboard: Rom e Z80

Hora de colocar o Z80 para trabalhar! Com os circuitos de apoio prontos, faltava somente conectar a memória Rom e acertar alguns sinais adicionais do Z80.


terça-feira, abril 25, 2017

Z80 na Protoboard: Decodificação de Endereços

Estamos nos aproximando do ponto em vamos conectar uma memória ao Z80. Antes disto precisamos definir o nosso mapeamento de memória e como vamos decodificar os endereços e sinais de controle para acionar os diversos componentes.

Estamos quase lá

sexta-feira, abril 21, 2017

Z80 na Protoboard: Display de Endereços e Dados

Dada a finalidade didática da minha montagem, quero ser capaz de ver em LEDs o conteúdo dos barramentos de endereço e dados.

Quantidade de fios aumentando

quarta-feira, abril 19, 2017

Z80 na Protoboard: Reset

Nos microcontroladores modernos, estamos acostumados a ligar o pino de reset (ativo com nível baixo) a um resistor de pullup e esquecer. Se quisermos um reset sem desligar a alimentação, colocamos um botão  entro o pino e terra. Com o Z80 é recomendado algo mais sofisticado.

Mais uns fios e componentes conectados

quinta-feira, abril 13, 2017

Z80 na Protoboard: Clock

Como parte dos meus estudos sobre o microprocessador Z80 resolvi fazer uma montagem simples em protoboard. Esta série de posts vai descrever passo a passo esta montagem. Vamos começar com o circuito de clock.

Protoboard com os CIs espetados, mas ainda não conectados

terça-feira, abril 11, 2017

Mais uma Memória Não Volátil: W27E512

Seguindo no estudo de memórias não voláteis, um post rápido sobre a memória W27E512 da Winbond.


terça-feira, abril 04, 2017

Testes com a EEProm X24HC64

Só para documentar, fiz  experiências rápidas com a EEProm X24HC64 da Xicor.

O primeiro teste foi ligando a um Arduino Mega, usando a mesma montagem e software que usei com a AT28C64B da Atmel. Tudo funcionou como esperado: leitura, escrita byte a byte, escrita em página (tanto de 32 como 64 bytes), proteção e desproteção. Como também esperado, o comando "semi-secreto" de apagamento da Atmel não funcionou.

O segundo teste foi com o programador TL866, selecionando X28C64. As operações de leitura e escrita funcionaram corretamente, assim como as opções de proteger e desproteger.

As conclusões são que a AT28C64B tem um bug na escrita de 64 bytes no modo página e que os problemas que eu tive anteriormente com a X28C64 foram erro meu na operação do software (culminando com torrar as memórias selecionando modelos que usam 12V para o apagamento).

quinta-feira, março 30, 2017

Vamos Falar de Arduino? Parte 3

Fechando a série, vamos falar um pouco sobre o software.


quarta-feira, março 29, 2017

Vamos Falar de Arduino? Parte 2

Continuando minhas ruminações sobre o Arduino, vamos falar sobre as placas oficiais.


terça-feira, março 28, 2017

Vamos Falar de Arduino? Parte 1

No próximo sábado, 1o de abril de 2017, teremos o "Arduino/Genuino Day", quando ocorrem diversos eventos celebrando o Arduino. Me parece um bom momento para falar um pouco sobre esta tão popular plataforma. Estou prevendo três post: este primeiro falando um pouco da história do Arduino, o segundo falando das placas oficiais e o terceiro falando do software.


terça-feira, março 21, 2017

RISC OS Pico: Uma Experiência "Retrô" no Raspberry Pi

Este post teve a origem no lamento de um conhecido: o Rasperry Pi com o seu sistema padrão é bastante distante da simplicidade dos computadores clássicos dos anos 80, que iniciavam quase que instantaneamente para um interpretador BASIC.

Eu comecei a pensar como o Raspberry poderia ser usado de forma semelhante aos micros antigos, mas antes de me aprofundar resolvi dar uma olhada nos softwares jé existentes e encontrei o RISC OS Pico, que é algo bem próximo do desejado.



domingo, março 19, 2017

quinta-feira, março 16, 2017

Corujando: 23a Competição Baja SAE Brasil

Após um ano de ausência, no final de semana passado acompanhei um pouco a competição Baja SAE Brasil. A crise afastou alguns patrocínios e desde o ano passado a prova está sendo disputada na FATEC de São José dos Campos, mas o interesse dos alunos de engenharia só aumenta - este ano teve o recorde de 88 carros inscritos.

Chegada do Enduro

terça-feira, março 14, 2017

Desrespeito, Assédio e Outas Violências na Escola Politécnica e na USP

Este é um post diferente do que normalmente aparece por aqui, mas o vídeo abaixo é tão forte que merece ser divulgado. Todos nós sabemos que este problema é praticamente universal, mas dói a confirmação de que isto ocorre mesmo num ambiente frequentado por pessoas que provavelmente receberam um educação acima da média da população brasileira.




terça-feira, fevereiro 28, 2017

28C64: Segundo Round

Como relatei, minhas primeiras experiências com a EEProm 28C64 foram frustrantes. Catalisando o meu lado masoquista, parti para novas experiências, agora ligando a AT28C64B a um Arduino para controlar diretamente cada um dos sinais. Após muita luta com maus contatos e bytes hostis, o resultado continua frustrante, mas contém algumas informações curiosas. Obs: nestes testes usei exclusivamente a AT28C64B da Atmel; outros modelos e outros fabricantes podem ter comportamento diferente.


domingo, fevereiro 26, 2017

RC2014: Quest

Alguns anos atrás eu me diverti rodando alguns jogos antigos no Raspberry PI, usando o YABASIC. Como o RC2014 vem com o Microsoft BASIC na ROM, nada mais natural do que repetir a experiência. Um dos programas que adaptei foi o Quest.

quinta-feira, fevereiro 16, 2017

28C64 Programming Blues

Aviso: este é um relato frustrante. É comum eu me deparar com problemas inesperados durante os meus projetos, mas normalmente uma boa dose de insistência e estudo leva a uma explicação e solução satisfatória. No caso das minhas experiências com as memórias EEProm do tipo 28C64 eu consegui achar uma forma de programá-las mas não tenho uma explicação melhor que "software buggado".

As vítimas dos meus experimentos

terça-feira, fevereiro 14, 2017

Kaspersky e Adobe Descem um Degrau

Estava eu fazendo mais um destes projetinhos internos no trabalho... Um programa para ler alguns arquivos texto e consolidar algumas informações. Meio que por brincadeira, resolvi gravar o resultado em um arquivo PDF, usando o PdfSharp (uma biblioteca .Net para gerar arquivos PDF). Durante os testes eu estava abrindo manualmente o arquivo gerado para ver o resultado. Depois da terceira vez já estava cansativo. Daí eu resolvi usar uma ideia de um tutorial: abrir automaticamente o PDF, através de Process.Start("resultado.pdf").  Nada de muito especial, só aproveitar o fato do Windows ter uma associação da extensão pdf a um programa (no caso o Adobe Acrobat Reader).

O resultado? O Kaspersky Anti-Virus acusou o meu programa de ser um Cavalo de Troia (HEUR:Trojan.Win32.Generic). Sim, amiguinhos, a heurística dele considera que abrir automaticamente um arquivo PDF é uma ação criminosa. Ação bloqueada e executável apagado sumariamente.

Eu fico em dúvida se isto reflete mais negativamente sobre o Kapersky Anti-Virus ou sobre o Adobe Acrobat Reader (se bem que cada vez menos pessoas usam o aplicativo oficial para abrir arquivos pdf).

quinta-feira, fevereiro 09, 2017

Atari Punk Console

Atari Punk Console é um circuito clássico de geração de sons utilizando dois timers 555. O circuito foi criado por Forrest M. Mims III, inicialmente com o nome "Sound Synthesizer" e posteriormente com o enfadonho nome "Stepped Tone Generator". É com este nome que ele aparece no livro "Timer, Op Amp and Optoelectronic Circuits & Projects", que eu tenho e recomendo para todos os hobbistas. Mas ele ficou famoso com o nome dado pela semelhança de seus sons com os gerados pelo Atari 2600.


terça-feira, fevereiro 07, 2017

RC2014: Primeiras Experiências de Programação Assembler

Um dos meus objetivos com o RC2014 é relembrar os tempos heroicos e brincar um pouco com Assembler. A meta final é criar um "programa monitor" que permita examinar e alterar a memória e criar pequenos programas em assembler.

Por padrão o RC2014 inicia no BASIC

domingo, fevereiro 05, 2017

Resenha: Raspberry Pi Cookbook for Python Programmers (1a Edição)

Mais um livro sobre programação com Python no Raspberry Pi. Este aqui é da Packt Publishing, foi publicado em 2014 e já foi algumas vezes objeto da promoção de eBook grátis, talvez pelo fato de terem lançado uma nova edição no final de 2016. O autor é Tim Cox, que é co-fundador da revista MagPi.




quinta-feira, fevereiro 02, 2017

O Kit RC2014 - Comunicação Serial

É através deste último módulo que vamos interagir com o nosso computador, interligando-o a um PC ou terminal.


terça-feira, janeiro 31, 2017

O Kit RC2014 - Memórias

Depois do clock e processador, as memórias são provavelmente a parte mais importante de um computador. Precisamos de uma memória não volátil, para armazenar o código a ser executado quando o Z80 for ressetado. Memórias não voláteis são normalmente de apenas leitura (Rom, Prom, EProm) ou de escrita demorada (EEProm e Flash). Para as variáveis precisamos de uma memória que permita leitura e escrita rápida (Ram).


domingo, janeiro 29, 2017

Resenha: Superman for All Seasons

Superman for All Seasons foi publicado inicialmente em 1998 como uma série limitada de quatro revistas. O roteiro é de Jeph Loeb e a arte é de Tim Sale, colorida por Bjarne Hansen. A versão que eu li é a "Deluxe", que inclui duas histórias curtas do mesmo time e no mesmo estilo, publicadas em 2003 e 2006.



quinta-feira, janeiro 26, 2017

O Kit RC2014 - Clock e Processador

Neste post vamos ver duas placas essenciais do computador: o clock e o processador.



terça-feira, janeiro 24, 2017

O Kit RC2014 - O Backplane

A minha montagem começou pelo backplane, que é a placa onde são conectadas as demais.

Backplane montado

quinta-feira, janeiro 19, 2017

O Kit RC2014 - Introdução

O interesse no Z80 continua forte e não é difícil encontrar na internet projetos usando o Z80. O RC2014 me interessou por ser algo relativamente simples e disponível em kit por um preço acessível.




terça-feira, janeiro 17, 2017

O Microprocessador Zilog Z80

No episódio post anterior, vimos o Intel 8080, o primeiro microprocessador largamente utilizado. O seu projetista, Frederico Faggin, saiu da Intel pouco depois e fundou a ZiLOG ("the last word in integrated logic"). E seu primeiro produto foi o Z80, que é uma extensão e aperfeiçoamento do 8080, com o qual manteve compatibilidade binária (isto é, código de máquina do 8080 executava diretamente no Z80).

Este é meu!


quarta-feira, janeiro 11, 2017

O Microprocessador Intel 8080

Tenho um brinquedo novo para montar: um RC2014, que é um kit básico de microcomputador feito com o Z80. Pretendo fazer (sem pressa) uma série de posts sobre ele. Para começar, vou voltar ao meus tempos de faculdade e falar no Intel 8080, que é o precursor do Z80.

Foto de Konstantin Lanzet

domingo, janeiro 01, 2017

Resoluções de Ano Novo - Edição 2017

Mantendo a tradição deste blog, segue um balanço das resoluções anteriores (de 2016) e um novo conjunto de resoluções para este novo ano.